FROM SCRATCH NEWSWIRE

SCAVENGING THE INTERNET

Archive for the ‘INDÚSTRIA METALÚRGICA’ Category

AFTER EXTENSIVE AND SOMETIMES USELESS DISCUSSIONS, THE ENTIRE ‘FROM SCRATCH NEWSWIRE GROUP’, IN FACE OF A POSSIBLE GENERAL STRIKE WITHIN THE GROUP, DECIDED TO TAKE A COLLECTIVE VACATION … SEE YOU FOLKS IN MARCH … AND BY THE WAY, OUR COLLECTIVE VACATION HAS NOTHING TO DO WITH THIS PRESENT GLOBAL FINANCIAL CRISIS …

Posted by Gilmour Poincaree on February 1, 2009

Sunday, February 01, 2009

THE FROM SCRATCH NEWSWIRE GROUP

PUBLISHED BY ‘FROM SCRATCH NEWSWIRE’

THE FROM SCRATCH NEWSWIRE GROUP IS ON VACATION 'TIL MARCH

PUBLISHED BY ‘FROM SCRATCH NEWSWIRE’

Posted in - UNCATEGORIZED, A BOLSA DE VALORES, A CASA CIVIL, A CORRUPÇÃO NO APARELHO DO ESTADO, A CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS, A ENERGIA ALTERNATIVA, A INDÚSTRIA DA COMUNICAÇÃO, A INDÚSTRIA DE ALIMENTOS, A INDÚSTRIA DE CALÇADOS, A INDÚSTRIA DIGITAL, A INDÚSTRIA DO TURISMO, A POLÍCIA CIVIL, A POLÍCIA MILITAR, A PRESIDÊNCIA, A QUESTÃO AGRÁRIA, A QUESTÃO ÉTNICA, A QUESTÃO ENERGÉTICA, A QUESTÃO FEMININA, A QUESTÃO PREVIDENCIÁRIA, AÉREO, ABIN, AC, AERONÁUTICA, AEROPORTOS, AGRICULTURA, AGRICULTURA FAMILIAR, AGRICULTURA SUSTENTÁVEL, AGRICULTURAL PLAGUES, AGRICULTURE, AGRONEGÓCIOS, AGROTÓXICOS, AL, ALIMENTOS PROCESSADOS, AM, AP, ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS E CONTRIBUIÇÕES, AS FORÇAS ARMADAS, AS GANGUES 'MILICIANAS', AS INDÚSTRIAS DE MINERAÇÃO, AS RELAÇÕES DE TRABALHO E EMPREGO, ATIVIDADES CRIMINOSAS - BRASIL, AUTOMAÇÃO DO COMÉRCIO, AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL, ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IPC), ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR - AMPLO (IPCA), ÍNDICE GERAL DE PREÇOS - DISP. INTERNA (IGP-DI), ÍNDICE GERAL DE PREÇOS - MERCADO (IGP-M), ÍNDICES DA RENDA SALARIAL, ÍNDICES DE EMPREGO, ÍNDICES ECONÔMICOS - BRASIL, BA, BALANÇA COMERCIAL, BALANÇA DE PAGAMENTOS, BANCO CENTRAL - BRASIL, BANKING SYSTEMS, BIOCOMBUSTÍVEIS, BIOMASSA, BIOMASSA, BNDES, BRASIL, CARLOS DIREITO, CÂMARA DOS DEPUTADOS, CE, CENTRAL BANKS, CIDADANIA, CIDADES, CINEMA, COMÉRCIO - BRASIL, COMBATE AO TRABALHO ESCRAVO E INFANTIL, COMBATE À CORRUPÇÃO - BRASIL, COMBATE À DESIGUALDADE E À EXCLUSÃO - BRASIL, COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES, COMBATE À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, CONSELHO MONETÁRIO NACIONAL (CMN), CORRUPÇÃO - BRASIL, CORRUPÇÃO NA POLÍTICA, CRIMES AMBIENTAIS - BRASIL, CRIMES EMPRESARIAIS, CURRENCIES, DANIEL DANTAS, DEFESA DO CONSUMIDOR - BRASIL, DEFESA DO MEIO AMBIENTE - BRASIL, DEPUTADOS ESTADUAIS, DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, DF, DIREITOS HUMANOS - BRASIL, EÓLICA, ECOLOGICAL AGRICULTURE, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ECONOMY - USA, EDUCAÇÃO - BRASIL, ENSINO FUNDAMENTAL - 1° e 2° GRAUS, ENSINO UNIVERSITÁRIO - GRADUAÇÃO, ES, ETANOL, EXÉRCITO, EXPANSÃO AGRÍCOLA, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FARMING DEBTS, FARMING SUBSIDIES, FERROVIAS, FERROVIAS, FERTILIZERS, FINANCIAL MARKETS, FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO, FLORESTAS PLANTADAS, FLUXO DE CAPITAIS, FORÇA DE SEGURANÇA NACIONAL, FUSÕES E/OU INCORPORAÇÕES EMPRESARIAIS, GÁS NATURAL, GENETICALLY MODIFIED AGRO-PRODUCTS, GILMAR MENDES, GO, HIDRELÉTRICAS, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL, INDÚSTRIA DE ELETRO-ELETRÔNICOS, INDÚSTRIA FARMACÊUTICA, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INFRAESTRUTURA - BRASIL, INSTITUIÇÕES DE FOMENTO NACIONAL, INSTITUTOS REGULADORES DA ECONOMIA - BRASIL, INTERNATIONAL, ISLAMIC BANKS, JUROS BANCÁRIOS, LAVAGEM DE DINHEIRO, LUIS INÁCIO LULA DA SILVA, MA, MACROECONOMY, MARÍTIMO, MARINHA, MG, MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, MINISTÉRIO DA CULTURA, MINISTÉRIO DA DEFESA, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, MINISTÉRIO DA FAZENDA, MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL, MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, MINISTÉRIO DA SAÚDE, MINISTÉRIO DAS CIDADES, MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES, MINISTÉRIO DAS MINAS E ENERGIA, MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES, MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO, MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME, MINISTÉRIO DO ESPORTE, MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO, MINISTÉRIO DO TURISMO, MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES, MS, MT, NARCOTRÁFICO, O BIODIESEL, O CASO JOSÉ DIRCEU, O CRIME ORGANIZADO, O DISCURSO CONTRA AS POLÍTICAS AFIRMATIVAS, O MERCADO DE TRABALHO - BRASIL, O MERCADO FINANCEIRO, O MERCADO IMPORTADOR, O MOVIMENTO DOS POVOS NATIVOS, O MOVIMENTO DOS SEM-TERRA (MST), O MOVIMENTO NEGRO, O MOVIMENTO RURALISTA, O MUNDO DO TRABALHO - BRASIL, O MUNICÍPIO DE NITERÓI, O MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO, O MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO, O PODER EXECUTIVO, O PODER EXECUTIVO ESTADUAL, O PODER EXECUTIVO FEDERAL, O PODER EXECUTIVO MUNICIPAL, O PODER JUDICIÁRIO, O PODER LEGISLATIVO, O PODER LEGISLATIVO ESTADUAL, O PODER LEGISLATIVO FEDERAL, O PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL, O SETOR DOS TRANSPORTES, O SISTEMA BANCÁRIO - BRASIL, O SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, ORÇAMENTO ESTADUAL, ORÇAMENTO MUNICIPAL, ORÇAMENTO NACIONAL - BRASIL, OS GOVERNADORES, OS JUDICIÁRIOS ESTADUAIS, OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO - BRASIL, OS PREFEITOS, OS TRABALHADORES, OS TRIBUNAIS REGIONAIS ELEITORAIS, PA, PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL (PC do B), PARTIDO DA CAUSA OPERÁRIA (PCO), PARTIDO DA MOBILIZAÇÃO NACIONAL (PMN), PARTIDO DA REPÚBLICA (PR), PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA (PSDB), PARTIDO DEMOCRÁTICO TRABALHISTA (PDT), PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO (PMDB), PARTIDO DOS DEMOCRATAS (PD), PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT), PARTIDO POPULAR SOCIALISTA (PPS), PARTIDO PROGRESSISTA (PP), PARTIDO RENOVADOR TRABALHISTA BRASILEIRO (PRTB), PARTIDO SOCIAL CRISTÃO (PSC), PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA CRISTÃO (PSDC), PARTIDO SOCIAL LIBERAL (PSL), PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE (PSOL), PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO (PSB), PARTIDO SOCIALISTA DOS TRABALHADORES UNIFICADO (PSTU), PARTIDO TRABALHISTA BRASILEIRO (PTB), PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO (PTC), PARTIDO TRABALHISTA DO BRASIL (PT do B), PARTIDO TRABALHISTA NACIONAL (PTN), PARTIDO VERDE (PV), PARTIDOS POLÍTICOS - BRASIL, PB, PE, PECUÁRIA, PECULATO, PESQUISAS E PÓS-GRADUAÇÃO, PETRÓLEO, PI, POLÍCIA FEDERAL, POLÍTICA - BRASIL, POLÍTICA EXTERNA - BRASIL, POLÍTICA REGIONAL, PORTOS, PR, PREVARICAÇÃO, PRODUTO INTERNO BRUTO, PRODUTO INTERNO BRUTO ESTADUAL, PRODUTO INTERNO BRUTO NACIONAL, PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO (PAC), PUBLIC SECTOR AND STATE OWNED ENTERPRISES, REAJUSTES SALARIAIS, RECEITA FEDERAL - BRASIL, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, RELAÇÕES COMERCIAIS INTERNACIONAIS - BRASIL, RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS - BRASIL, RELAÇÕES INTERNACIONAIS - BRASIL, RESTRUCTURING OF PRIVATE COMPANIES, RESTRUCTURING OF THE PUBLIC SECTOR, RJ, RN, RO, RODOVIAS, RODOVIÁRIO, RR, RS, SAÚDE E ATENDIMENTO MÉDICO, SANEAMENTO BÁSICO, SC, SE, SEMENTES TRANSGÊNICAS, SENADO, SETOR EXPORTADOR, SINDICATOS DAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS, SISTEMA PÚBLICO DE SAÚDE, SISTEMA PRIVADO DE SAÚDE, SP, SUPERÁVIT COMERCIAL, SUPERÁVIT PRIMÁRIO, TARSO GENRO, TAXA DE CÂMBIO - BRASIL, TAXA DOS JUROS COMERCIAIS, TAXA SELIC, TAXAS DE DESEMPREGO, TELEFONIA - FIXA E MÓVEL, THE FLOW OF INVESTMENTS, THE WORK MARKET, TO, USA, VEREADORES | 1 Comment »

GERDAU ALTERA TURNOS EM CHARQUEADAS E DEMITE EM SAPUCAIA DO SUL – AJUSTES SÃO REALIZADOS DESDE DEZEMBRO PARA ADAPTAR A PRODUÇÃO AOS EFEITOS DA CRISE FINANCEIRA (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on January 13, 2009

13/01/2009 – 00h07min

Zero Hora

PUBLISHED BY ‘ZERO HORA’ (Brazil)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘ZERO HORA’ (Brazil)

Posted in BRASIL, CEMENT, COMÉRCIO - BRASIL, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, CONSTRUCTION INDUSTRIES, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, METALS, METALS INDUSTRY, O MERCADO DE TRABALHO - BRASIL, O MUNDO DO TRABALHO - BRASIL, OS TRABALHADORES, RECESSION, RESTRUCTURING OF PRIVATE COMPANIES, THE FLOW OF INVESTMENTS, THE WORK MARKET, THE WORKERS, THE WORKING ENVIRONMENT, UNEMPLOYMENT | Leave a Comment »

PROTEÇÃO A QUATRO FLORESTAS PODE SER SUSPENSA (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on January 1, 2009

01/01/2009 – 09h51

O Estado de S. Paulo e UOL Notícias

PUBLISHED BY ‘BRASIL ON LINE’

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘BRASIL ON LINE’

Posted in A QUESTÃO AGRÁRIA, AS INDÚSTRIAS DE MINERAÇÃO, BRASIL, CIDADANIA, CIDADES, COMBATE À CORRUPÇÃO - BRASIL, COMBATE À DESIGUALDADE E À EXCLUSÃO - BRASIL, COMMODITIES MARKET, CRIMES AMBIENTAIS - BRASIL, DEFESA DO MEIO AMBIENTE - BRASIL, DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENVIRONMENT, EXPANSÃO AGRÍCOLA, EXPANSÃO ECONÔMICA, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, METALS, METALS INDUSTRY, MINING INDUSTRIES, MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, O MOVIMENTO DOS SEM-TERRA (MST), O PODER EXECUTIVO FEDERAL, POLÍTICA REGIONAL, RECESSION, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

GERDAU PAGA CERCA DE 200 MILHÕES DE EUROS E AMPLIA FATIA NA SIDENOR (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on December 21, 2008

19/12/2008 20:11

Valor Online

PUBLISHED BY ‘VALOR ECONÔMICO’ (Brazil)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘VALOR ECONÔMICO’ (Brazil)

Posted in A BOLSA DE VALORES, BRASIL, CONSTRUCTION INDUSTRIES, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, FUSÕES E/OU INCORPORAÇÕES EMPRESARIAIS, INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, METALS, METALS INDUSTRY, RECESSION, STEEL, STOCK MARKETS, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

O que vale e o que não Vale! (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on December 21, 2008

Edição no 270 19 a 25 de dezembro de 2008

por Valter Pomar – Secretário de Relações Internacionais do PT

PUBLISHED BY ‘VISÃO OESTE’ (Brazil)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘VISÃO OESTE’ (Brazil)

Posted in AS INDÚSTRIAS DE MINERAÇÃO, AS RELAÇÕES DE TRABALHO E EMPREGO, BRASIL, CIDADANIA, CIDADES, COMBATE À DESIGUALDADE E À EXCLUSÃO - BRASIL, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, METALS, METALS INDUSTRY, MINING INDUSTRIES, NATIONAL WORK FORCES, O MERCADO DE TRABALHO - BRASIL, O MUNDO DO TRABALHO - BRASIL, OS TRABALHADORES, PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT), RECESSION, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, SINDICATOS DAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS, STEEL, THE WORK MARKET, THE WORKERS | Leave a Comment »

PROPOSED ACQUISITION OF TEAL MINORITIES AND THE FORMATION OF A JOINT VENTURE WITH VALE

Posted by Gilmour Poincaree on December 18, 2008

December 15, 2008

CNW Group

PUBLISHED BY ‘CNW GROUP’

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘CNW GROUP’

Posted in BRASIL, COMMODITIES MARKET, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, METALS, METALS INDUSTRY, RECESSION, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

SINDICATO DOS METALÚRGICOS DO ABC NÃO ACEITARÁ DEMISSÕES POR CONTA DA CRISE FINANCEIRA (Brasil)

Posted by Gilmour Poincaree on December 8, 2008

Segunda-feira, 8 de dezembro de 2008, 15:55

por Carolina Lopes – Diário OnLine

PUBLISHED BY ‘DIÁRIO DO GRANDE ABC’ (Brasil)

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Sérgio Nobre, afirmou nesta segunda-feira, durante entrevista coletiva em São Bernardo, que o forte crescimento do setor automobilístico nos últimos anos não permite que as montadoras promovam demissões sob a justificativa da crise financeira internacional.

“Desde 2003, tem havido um ”boom” na produção da indústria automobilística no País [que, segundo dados do sindicato, passou de 1,83 milhão de unidades em 2003 para 3,27 milhões este ano]. Por isso, acreditamos que não há sentido fazer demissões nesse momento. Nós temos mecanismos para atravessar 2009 inteiro sem que haja demissões, mas isso se as empresas tiverem responsabilidade social. A montadora que demitir sem buscar alternativas vai comprar briga conosco”, afirmou Nobre.

Mesmo se a crise se agravar no Brasil e as empresas começarem a registrar queda na produção, Nobre explicou que outras medidas poderão ser adotadas para preservar o emprego dos trabalhadores.

“As montadoras podem dar férias normais ou coletivas, podem suspender o contrato de trabalho temporariamente para realizar treinamentos com os funcionários, podem liberar banco de horas e, ainda, reduzir a jornada de trabalho. Mas aqui, infelizmente, antes de as empresas usarem esses mecanismos, elas já começam a falar em demissões”, reclamou.

Para ele, quem promover cortes agora pode perder competitividade. “Isso porque existe a possibilidade de a crise não se confirmar no País. Assim, as empresas que demitirem terão de contratar novos funcionários e treiná-los. Como o setor é extremamente competitivo, nesse intervalo elas poderão perder mercado”, disse.

Impactos – De acordo com o presidente do Sindicato, os três primeiros meses do ano são um período, sazonalmente, mais fraco em relação à produção das indústrias automotivas. Por esse motivo, apenas no final do primeiro trimestre de 2009 é que o setor terá uma visão clara dos impactos da crise.

“Qualquer coisa que se fale agora sobre a crise é especulação, profecia. Apenas no final do primeiro trimestre é que ficará claro qual o real impacto dela no setor. Em um ambiente de crise, esse período será de incertezas e dificuldades, mas temos de trabalhar com racionalidade”, afirmou.

Menos afetada – Segundo a entidade, o nível de emprego na indústria automobilística em São Bernardo cresceu 4,5% entre 2003 e 2008, enquanto em todo o País o incremento foi de 37,8%. Com base nesses dados, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC acredita que, caso ocorram demissões no ano que vem, a região será menos afetada.

“Houve um crescimento saudável do emprego em São Bernardo. Isso é bom porque, em momentos de crise, caso haja uma freada brusca no setor, o impacto não será tão forte na região quanto no interior de São Paulo e em outros Estados”, afirmou Nobre.

De acordo com o presidente da entidade, a média histórica de homologações das demissões realizadas pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC é de 450 por mês e, pelo menos por enquanto, não houve alteração nesse número por conta da crise.

“Cada um deve cumprir seu papel” – Sérgio Nobre afirmou que a falta de crédito foi o primeiro impacto da crise no setor automotivo, que depende de financiamentos para se manter. Por isso, ele ressaltou a importância das intervenções do governo para irrigar a economia e estimular o consumo.

“A situação está mais difícil para o consumidor. Antes, ele conseguia comprar um carro com uma entrada mínima e financiava o restante em 60 meses. Agora ele precisa dar 30% de entrada e só consegue parcelar em 36 vezes. Por isso, acredito que as intervenções têm de ser feitas. É preciso garantir crédito e animar o consumidor, pois se ele achar que tudo está perdido, tende a poupar e se retrair”, afirmou.

Entretanto, segundo ele, a ajuda não deve partir apenas do governo. “Não só a ajuda dos governos federal e de São Paulo, que já liberaram R$ 8 bilhões, será importante. Os empresários devem manter os investimentos e fazer promoções, enquanto os novos prefeitos da região devem continuar investindo em obras de infra-estrutura. O País tem tudo para sair bem dessa crise, mas apenas se cada um fizer o seu papel”, concluiu.

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘DIÁRIO DO GRANDE ABC’ (Brasil)

Posted in AUTOMOTIVE INDUSTRY, BRASIL, CIDADANIA, CIDADES, COMBATE À DESIGUALDADE E À EXCLUSÃO - BRASIL, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, NATIONAL WORK FORCES, O MERCADO DE TRABALHO - BRASIL, O MUNDO DO TRABALHO - BRASIL, O PODER EXECUTIVO MUNICIPAL, OS PREFEITOS, POLÍTICA REGIONAL, RECESSION, SETOR EXPORTADOR, SINDICATOS DAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS, SP, THE WORK MARKET, THE WORKERS | Leave a Comment »

BRAZIL INVESTOR CSN SENDS SCOUTS TO CHECK OUT KREMIKOVTZI (Bulgaria)

Posted by Gilmour Poincaree on November 24, 2008

24 November 2008, Monday

Representatives of the Brazilian company CSN (Companhia Siderurgica Nacional) are arriving to Bulgaria's troubled steel-mill Kremikovtzi will be surveyed by scouts of the Brazilian company CSN which has expressed interest in investing in the plant. Photo by Nadya Kotseva (Sofia Photo Agency)Bulgaria’s capital Sofia Monday to inspect the troubled steel-maker Kremikovtzi in view of its declared interest to bid for the purchase of the plant.

The news about CSN’s investment interest in Kremikovtzi was announced on November 19 when the management of the company had a working meeting with the Bulgarian Minister of Economy Petar Dimitrov during his official visit to the Brazilian city Sao Paolo last week.

Representatives of the Kremikovtzi management and syndicates also took part in the meeting from Sofia via video satellite.

According to the Technology Director of the Bulgarian steel plant Stoyan Pirlov, the Brazilian company, which is a large producer of iron ore and had really strong positions on the domestic market, was interested in acquiring a plant in Europe. COMPANHIA SIDERÚRGICA NACIONAL (CSN) - BRASIL

The visit CSN’s scouts to Kremikovtzi is expected to shed more light on the plans of the Brazilian company with respect to the plant.

According to sources from the plant management, the Ukrainian company Smart Group was still interested in bidding for the purchase of Kremikovtzi.

CSN was founded in 1969, and is presently the second largest steel-maker in Brazil. Its main plant is located in the city of Volta Redonda in the state of Rio de Janeiro.

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘NOVINITE’ (Bulgaria)

Posted in BRASIL, BULGARIA, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FLUXO DE CAPITAIS, FOREIGN POLICIES, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, INTERNATIONAL RELATIONS, METALS INDUSTRY, RELAÇÕES INTERNACIONAIS - BRASIL, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

SIDERURGIA: SAMARCO, DA VALE, REDUZ PRODUÇÃO DE PELOTA

Posted by Gilmour Poincaree on November 23, 2008

21/11 – 21:23

Redação – InvestNews

SÃO PAULO, 21 de novembro de 2008 – A joint venture não-consolidada da Vale, a Samarco, na qual a empresa possui participação acionária de 50%, ajustará a produção de pelotas de acordo com as condições de mercado atuais. A Samarco, cuja capacidade nominal de produção é igual a 21,6 milhões de toneladas métricas de pelotas por ano, reduzirá dois terços da produção de pelotas do final de novembro a meados de janeiro de 2009. A terceira planta da Samarco, que iniciou as operações em abril e que possui capacidade nominal de produção de 7,6 milhões de toneladas métricas por ano, continuará a operar.

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘INVESTNEWS’ (Brasil)

Posted in BRASIL, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, METALS, METALS INDUSTRY, SETOR EXPORTADOR | 1 Comment »

PROTOCOLO DE INTENÇÕES DA CSP EM FORMATAÇÃO – PGE e Executivo estadual analisam interesses dos investidores para efetivar instalação da siderúrgica (Brasil)

Posted by Gilmour Poincaree on November 10, 2008

Fortaleza, Ceará – Segunda-Feira – 10 de Novembro de 2008

por Carol de Castro – Repórter

O governo do Estado discute os benefícios tributários e de infra-estrutura que serão concedidos para a Cpacidade final da siderúrgica no Pecém está prevista para 6 milhões de toneladas de placas de aço instalação da Companhia Siderúrgica de Pecém (CSP). Este movimento representa mais um passo para a instalação do empreendimento ao Ceará. O assunto será analisado em reunião nos próximos dias. A data exata ainda não foi definida, uma vez que depende do governador Cid Gomes. Os pontos em questão fazem parte do protocolo de intenções, que será assinado pelo governo e investidores. Segundo o procurador Geral do Estado, Fernando Oliveira, os pontos foram apresentados pelos investidores.

Demandas

“São necessidades de natureza tributária e de infra-estrutura”, explicou. “A Seinfra e a Sefaz fizeram um estudo e o governador agora vai dizer o que é possível ser concedido”, informou.

Oliveira acrescentou que os direitos a serem cedidos serão uniformizados de acordo com um padrão. “São os mesmos benefícios dados a todas empresas que se instalam no Ceará”, afirmou o procurador, que não deu mais detalhes. No planejamento atual da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), com os investimentos da sul-coreana Dongkuk e pela brasileira Vale, a instalação da planta acontecerá em duas fases. Cada uma com capacidade de produção de 3,0 Mtpa (milhões de toneladas de placas de aço).

A infra-estrutura da primeira fase cobrirá parcialmente as necessidades da segunda fase e a capacidade final da planta está prevista para 6,0 Mtpa de placas. O início das obras da CSP está previsto para junho do próximo ano, quando deve começar a terraplanagem.

A desapropriação do terreno segue em processo sob a coordenação da Procuradoria Geral do Estado (PGE).

Outros dados sobre o projeto são mantidos em sigilo ou ainda não foram dimensionadas, como o número de empregos, diretos e indiretos, que serão gerados na construção e na operação da usina, e a data de lançamento do projeto.

Financiamento em avaliação

Os investidores também ainda avaliam como vai ser dividido o financiamento da unidade, orçada em US$ 6 bilhões.

A definição sobre a participação da japonesa JFE Steel no projeto da usina cearense deve ocorrer em dezembro deste ano, após conclusão de estudos de viabilidade.

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘DIÁRIO DO NORDESTE’ (Brasil)

Posted in BRASIL, CE, CIDADES, ECONOMIA - BRASIL, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDÚSTRIAS, JAPAN, OS GOVERNADORES, POLÍTICA REGIONAL | Leave a Comment »