FROM SCRATCH NEWSWIRE

SCAVENGING THE INTERNET

Archive for the ‘INDÚSTRIA AUTOMOTIVA’ Category

AFTER EXTENSIVE AND SOMETIMES USELESS DISCUSSIONS, THE ENTIRE ‘FROM SCRATCH NEWSWIRE GROUP’, IN FACE OF A POSSIBLE GENERAL STRIKE WITHIN THE GROUP, DECIDED TO TAKE A COLLECTIVE VACATION … SEE YOU FOLKS IN MARCH … AND BY THE WAY, OUR COLLECTIVE VACATION HAS NOTHING TO DO WITH THIS PRESENT GLOBAL FINANCIAL CRISIS …

Posted by Gilmour Poincaree on February 1, 2009

Sunday, February 01, 2009

THE FROM SCRATCH NEWSWIRE GROUP

PUBLISHED BY ‘FROM SCRATCH NEWSWIRE’

THE FROM SCRATCH NEWSWIRE GROUP IS ON VACATION 'TIL MARCH

PUBLISHED BY ‘FROM SCRATCH NEWSWIRE’

Posted in - UNCATEGORIZED, A BOLSA DE VALORES, A CASA CIVIL, A CORRUPÇÃO NO APARELHO DO ESTADO, A CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS, A ENERGIA ALTERNATIVA, A INDÚSTRIA DA COMUNICAÇÃO, A INDÚSTRIA DE ALIMENTOS, A INDÚSTRIA DE CALÇADOS, A INDÚSTRIA DIGITAL, A INDÚSTRIA DO TURISMO, A POLÍCIA CIVIL, A POLÍCIA MILITAR, A PRESIDÊNCIA, A QUESTÃO AGRÁRIA, A QUESTÃO ÉTNICA, A QUESTÃO ENERGÉTICA, A QUESTÃO FEMININA, A QUESTÃO PREVIDENCIÁRIA, AÉREO, ABIN, AC, AERONÁUTICA, AEROPORTOS, AGRICULTURA, AGRICULTURA FAMILIAR, AGRICULTURA SUSTENTÁVEL, AGRICULTURAL PLAGUES, AGRICULTURE, AGRONEGÓCIOS, AGROTÓXICOS, AL, ALIMENTOS PROCESSADOS, AM, AP, ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS E CONTRIBUIÇÕES, AS FORÇAS ARMADAS, AS GANGUES 'MILICIANAS', AS INDÚSTRIAS DE MINERAÇÃO, AS RELAÇÕES DE TRABALHO E EMPREGO, ATIVIDADES CRIMINOSAS - BRASIL, AUTOMAÇÃO DO COMÉRCIO, AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL, ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IPC), ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR - AMPLO (IPCA), ÍNDICE GERAL DE PREÇOS - DISP. INTERNA (IGP-DI), ÍNDICE GERAL DE PREÇOS - MERCADO (IGP-M), ÍNDICES DA RENDA SALARIAL, ÍNDICES DE EMPREGO, ÍNDICES ECONÔMICOS - BRASIL, BA, BALANÇA COMERCIAL, BALANÇA DE PAGAMENTOS, BANCO CENTRAL - BRASIL, BANKING SYSTEMS, BIOCOMBUSTÍVEIS, BIOMASSA, BIOMASSA, BNDES, BRASIL, CARLOS DIREITO, CÂMARA DOS DEPUTADOS, CE, CENTRAL BANKS, CIDADANIA, CIDADES, CINEMA, COMÉRCIO - BRASIL, COMBATE AO TRABALHO ESCRAVO E INFANTIL, COMBATE À CORRUPÇÃO - BRASIL, COMBATE À DESIGUALDADE E À EXCLUSÃO - BRASIL, COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES, COMBATE À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, CONSELHO MONETÁRIO NACIONAL (CMN), CORRUPÇÃO - BRASIL, CORRUPÇÃO NA POLÍTICA, CRIMES AMBIENTAIS - BRASIL, CRIMES EMPRESARIAIS, CURRENCIES, DANIEL DANTAS, DEFESA DO CONSUMIDOR - BRASIL, DEFESA DO MEIO AMBIENTE - BRASIL, DEPUTADOS ESTADUAIS, DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, DF, DIREITOS HUMANOS - BRASIL, EÓLICA, ECOLOGICAL AGRICULTURE, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ECONOMY - USA, EDUCAÇÃO - BRASIL, ENSINO FUNDAMENTAL - 1° e 2° GRAUS, ENSINO UNIVERSITÁRIO - GRADUAÇÃO, ES, ETANOL, EXÉRCITO, EXPANSÃO AGRÍCOLA, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FARMING DEBTS, FARMING SUBSIDIES, FERROVIAS, FERROVIAS, FERTILIZERS, FINANCIAL MARKETS, FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO, FLORESTAS PLANTADAS, FLUXO DE CAPITAIS, FORÇA DE SEGURANÇA NACIONAL, FUSÕES E/OU INCORPORAÇÕES EMPRESARIAIS, GÁS NATURAL, GENETICALLY MODIFIED AGRO-PRODUCTS, GILMAR MENDES, GO, HIDRELÉTRICAS, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL, INDÚSTRIA DE ELETRO-ELETRÔNICOS, INDÚSTRIA FARMACÊUTICA, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INFRAESTRUTURA - BRASIL, INSTITUIÇÕES DE FOMENTO NACIONAL, INSTITUTOS REGULADORES DA ECONOMIA - BRASIL, INTERNATIONAL, ISLAMIC BANKS, JUROS BANCÁRIOS, LAVAGEM DE DINHEIRO, LUIS INÁCIO LULA DA SILVA, MA, MACROECONOMY, MARÍTIMO, MARINHA, MG, MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, MINISTÉRIO DA CULTURA, MINISTÉRIO DA DEFESA, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, MINISTÉRIO DA FAZENDA, MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL, MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, MINISTÉRIO DA SAÚDE, MINISTÉRIO DAS CIDADES, MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES, MINISTÉRIO DAS MINAS E ENERGIA, MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES, MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO, MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME, MINISTÉRIO DO ESPORTE, MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO, MINISTÉRIO DO TURISMO, MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES, MS, MT, NARCOTRÁFICO, O BIODIESEL, O CASO JOSÉ DIRCEU, O CRIME ORGANIZADO, O DISCURSO CONTRA AS POLÍTICAS AFIRMATIVAS, O MERCADO DE TRABALHO - BRASIL, O MERCADO FINANCEIRO, O MERCADO IMPORTADOR, O MOVIMENTO DOS POVOS NATIVOS, O MOVIMENTO DOS SEM-TERRA (MST), O MOVIMENTO NEGRO, O MOVIMENTO RURALISTA, O MUNDO DO TRABALHO - BRASIL, O MUNICÍPIO DE NITERÓI, O MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO, O MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO, O PODER EXECUTIVO, O PODER EXECUTIVO ESTADUAL, O PODER EXECUTIVO FEDERAL, O PODER EXECUTIVO MUNICIPAL, O PODER JUDICIÁRIO, O PODER LEGISLATIVO, O PODER LEGISLATIVO ESTADUAL, O PODER LEGISLATIVO FEDERAL, O PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL, O SETOR DOS TRANSPORTES, O SISTEMA BANCÁRIO - BRASIL, O SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, ORÇAMENTO ESTADUAL, ORÇAMENTO MUNICIPAL, ORÇAMENTO NACIONAL - BRASIL, OS GOVERNADORES, OS JUDICIÁRIOS ESTADUAIS, OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO - BRASIL, OS PREFEITOS, OS TRABALHADORES, OS TRIBUNAIS REGIONAIS ELEITORAIS, PA, PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL (PC do B), PARTIDO DA CAUSA OPERÁRIA (PCO), PARTIDO DA MOBILIZAÇÃO NACIONAL (PMN), PARTIDO DA REPÚBLICA (PR), PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA (PSDB), PARTIDO DEMOCRÁTICO TRABALHISTA (PDT), PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO (PMDB), PARTIDO DOS DEMOCRATAS (PD), PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT), PARTIDO POPULAR SOCIALISTA (PPS), PARTIDO PROGRESSISTA (PP), PARTIDO RENOVADOR TRABALHISTA BRASILEIRO (PRTB), PARTIDO SOCIAL CRISTÃO (PSC), PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA CRISTÃO (PSDC), PARTIDO SOCIAL LIBERAL (PSL), PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE (PSOL), PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO (PSB), PARTIDO SOCIALISTA DOS TRABALHADORES UNIFICADO (PSTU), PARTIDO TRABALHISTA BRASILEIRO (PTB), PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO (PTC), PARTIDO TRABALHISTA DO BRASIL (PT do B), PARTIDO TRABALHISTA NACIONAL (PTN), PARTIDO VERDE (PV), PARTIDOS POLÍTICOS - BRASIL, PB, PE, PECUÁRIA, PECULATO, PESQUISAS E PÓS-GRADUAÇÃO, PETRÓLEO, PI, POLÍCIA FEDERAL, POLÍTICA - BRASIL, POLÍTICA EXTERNA - BRASIL, POLÍTICA REGIONAL, PORTOS, PR, PREVARICAÇÃO, PRODUTO INTERNO BRUTO, PRODUTO INTERNO BRUTO ESTADUAL, PRODUTO INTERNO BRUTO NACIONAL, PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO (PAC), PUBLIC SECTOR AND STATE OWNED ENTERPRISES, REAJUSTES SALARIAIS, RECEITA FEDERAL - BRASIL, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, RELAÇÕES COMERCIAIS INTERNACIONAIS - BRASIL, RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS - BRASIL, RELAÇÕES INTERNACIONAIS - BRASIL, RESTRUCTURING OF PRIVATE COMPANIES, RESTRUCTURING OF THE PUBLIC SECTOR, RJ, RN, RO, RODOVIAS, RODOVIÁRIO, RR, RS, SAÚDE E ATENDIMENTO MÉDICO, SANEAMENTO BÁSICO, SC, SE, SEMENTES TRANSGÊNICAS, SENADO, SETOR EXPORTADOR, SINDICATOS DAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS, SISTEMA PÚBLICO DE SAÚDE, SISTEMA PRIVADO DE SAÚDE, SP, SUPERÁVIT COMERCIAL, SUPERÁVIT PRIMÁRIO, TARSO GENRO, TAXA DE CÂMBIO - BRASIL, TAXA DOS JUROS COMERCIAIS, TAXA SELIC, TAXAS DE DESEMPREGO, TELEFONIA - FIXA E MÓVEL, THE FLOW OF INVESTMENTS, THE WORK MARKET, TO, USA, VEREADORES | 1 Comment »

BB GARANTE R$ 2,5 BI A REVENDEDORAS DE VEÍCULOS NO PAÍS (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on January 27, 2009

Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009 20:51

por João Humberto

PUBLISHED BY ‘CAMPO GRANDE NEWS’ (Brazil)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘CAMPO GRANDE NEWS’ (Brazil)

Posted in AUTOMOTIVE INDUSTRY, BANKING SYSTEMS, BRASIL, COMÉRCIO - BRASIL, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FINANCIAL SERVICES INDUSTRIES, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, O PODER EXECUTIVO FEDERAL, O SISTEMA BANCÁRIO - BRASIL, RECESSION, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

PERSPECTIVAS DAS MONTADORAS (Brasil)

Posted by Gilmour Poincaree on January 14, 2009

14/01/2009 – 08:00

por Luis Nassif

PUBLISHED BY ‘AGÊNCIA BRASIL’

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘ÚLTIMO SEGUNDO’ (Brazil)

Posted in AUTOMOTIVE INDUSTRY, BRASIL, COMÉRCIO - BRASIL, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, O SISTEMA BANCÁRIO - BRASIL, RECESSION, RESTRUCTURING OF PRIVATE COMPANIES, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

VOLKSWAGEN SETS SALES RECORD IN 2008, DESPITE DOWNTURN – GERMAN AUTOMAKER VOLKSWAGEN SET A SALES RECORD IN 2008 AND EXPANDED ITS MARKET SHARE IN KEY MARKETS THE UNITED STATES AND GERMANY DESPITE A GLOBAL ECONOMIC CRISIS

Posted by Gilmour Poincaree on January 13, 2009

January 12, 2009

From correspondents in Detroit – Agence France-Presse

PUBLISHED BY ‘THE AUSTRALIAN’

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘THE AUSTRALIAN’

Posted in AUTOMOTIVE INDUSTRY, BRASIL, CHINA, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, GERMANY, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIAL PRODUCTION - USA, INDUSTRIES, INDUSTRIES - USA, INTERNATIONAL, RECESSION, STOCK MARKETS, THE FLOW OF INVESTMENTS, USA | Leave a Comment »

IMPORTADORA GARANTE ENTREGAS DE VEÍCULOS DA SsangYong NO BRASIL (South Korea/Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on January 13, 2009

12/01/2009 – 19:18

Valor Online

PUBLISHED BY ‘VALOR ECONÔMICO’ (Brazil)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘VALOR ECONÔMICO’ (Brazil)

Posted in AUTOMOTIVE INDUSTRY, BALANÇA COMERCIAL, BRASIL, COMÉRCIO - BRASIL, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, EXPANSÃO ECONÔMICA, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, FOREIGN POLICIES, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, INTERNATIONAL RELATIONS, O MERCADO IMPORTADOR, RECESSION, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, SOUTH KOREA, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

GM CORTA 744 EMPREGOS EM SÃO PAULO – COM A QUEDA NAS VENDAS, GM CORTA 744 EMPREGOS EM SÃO PAULO – SEGUNDO A MONTADORA, MEDIDA ABRANGE OS CONTRATOS TEMPORÁRIOS (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on January 13, 2009

12/01/2009 – 17h38min

G1

PUBLISHED BY ‘AGÊNCIA BRASIL’

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘ZERO HORA’ (Brazil)

Posted in AUTOMOTIVE INDUSTRY, BRASIL, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, O MERCADO DE TRABALHO - BRASIL, O MUNDO DO TRABALHO - BRASIL, RECESSION, RESTRUCTURING OF PRIVATE COMPANIES, THE FLOW OF INVESTMENTS, THE WORK MARKET, UNEMPLOYMENT | Leave a Comment »

MONTADORAS BATEM RECORDE DE VENDAS EM 2008 (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on January 7, 2009

[ 07/01/2009 ]

Cruzeiro On Line

PUBLISHED BY ‘JORNAL CRUZEIRO DO SUL’ (Brazil)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘JORNAL CRUZEIRO DO SUL’ (Brazil)

Posted in AUTOMOTIVE INDUSTRY, BANKING SYSTEMS, BRASIL, COMÉRCIO - BRASIL, COMMERCE, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, O MERCADO FINANCEIRO, O SISTEMA BANCÁRIO - BRASIL, RECESSION, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

GERMAN FIRM BUYS VOLKSWAGEN’S HEAVY TRUCK BUSINESS IN BRAZIL

Posted by Gilmour Poincaree on December 16, 2008

December 15, 2008, 23:57

Reuters

PUBLISHED BY ‘THE GULF NEWS’ (Dubai)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘THE GULF NEWS’ (Dubai)

Posted in AUTOMOTIVE INDUSTRY, BRASIL, ECONOMY, GERMANY, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INTERNATIONAL | Leave a Comment »

SINDICATO DOS METALÚRGICOS DO ABC NÃO ACEITARÁ DEMISSÕES POR CONTA DA CRISE FINANCEIRA (Brasil)

Posted by Gilmour Poincaree on December 8, 2008

Segunda-feira, 8 de dezembro de 2008, 15:55

por Carolina Lopes – Diário OnLine

PUBLISHED BY ‘DIÁRIO DO GRANDE ABC’ (Brasil)

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Sérgio Nobre, afirmou nesta segunda-feira, durante entrevista coletiva em São Bernardo, que o forte crescimento do setor automobilístico nos últimos anos não permite que as montadoras promovam demissões sob a justificativa da crise financeira internacional.

“Desde 2003, tem havido um ”boom” na produção da indústria automobilística no País [que, segundo dados do sindicato, passou de 1,83 milhão de unidades em 2003 para 3,27 milhões este ano]. Por isso, acreditamos que não há sentido fazer demissões nesse momento. Nós temos mecanismos para atravessar 2009 inteiro sem que haja demissões, mas isso se as empresas tiverem responsabilidade social. A montadora que demitir sem buscar alternativas vai comprar briga conosco”, afirmou Nobre.

Mesmo se a crise se agravar no Brasil e as empresas começarem a registrar queda na produção, Nobre explicou que outras medidas poderão ser adotadas para preservar o emprego dos trabalhadores.

“As montadoras podem dar férias normais ou coletivas, podem suspender o contrato de trabalho temporariamente para realizar treinamentos com os funcionários, podem liberar banco de horas e, ainda, reduzir a jornada de trabalho. Mas aqui, infelizmente, antes de as empresas usarem esses mecanismos, elas já começam a falar em demissões”, reclamou.

Para ele, quem promover cortes agora pode perder competitividade. “Isso porque existe a possibilidade de a crise não se confirmar no País. Assim, as empresas que demitirem terão de contratar novos funcionários e treiná-los. Como o setor é extremamente competitivo, nesse intervalo elas poderão perder mercado”, disse.

Impactos – De acordo com o presidente do Sindicato, os três primeiros meses do ano são um período, sazonalmente, mais fraco em relação à produção das indústrias automotivas. Por esse motivo, apenas no final do primeiro trimestre de 2009 é que o setor terá uma visão clara dos impactos da crise.

“Qualquer coisa que se fale agora sobre a crise é especulação, profecia. Apenas no final do primeiro trimestre é que ficará claro qual o real impacto dela no setor. Em um ambiente de crise, esse período será de incertezas e dificuldades, mas temos de trabalhar com racionalidade”, afirmou.

Menos afetada – Segundo a entidade, o nível de emprego na indústria automobilística em São Bernardo cresceu 4,5% entre 2003 e 2008, enquanto em todo o País o incremento foi de 37,8%. Com base nesses dados, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC acredita que, caso ocorram demissões no ano que vem, a região será menos afetada.

“Houve um crescimento saudável do emprego em São Bernardo. Isso é bom porque, em momentos de crise, caso haja uma freada brusca no setor, o impacto não será tão forte na região quanto no interior de São Paulo e em outros Estados”, afirmou Nobre.

De acordo com o presidente da entidade, a média histórica de homologações das demissões realizadas pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC é de 450 por mês e, pelo menos por enquanto, não houve alteração nesse número por conta da crise.

“Cada um deve cumprir seu papel” – Sérgio Nobre afirmou que a falta de crédito foi o primeiro impacto da crise no setor automotivo, que depende de financiamentos para se manter. Por isso, ele ressaltou a importância das intervenções do governo para irrigar a economia e estimular o consumo.

“A situação está mais difícil para o consumidor. Antes, ele conseguia comprar um carro com uma entrada mínima e financiava o restante em 60 meses. Agora ele precisa dar 30% de entrada e só consegue parcelar em 36 vezes. Por isso, acredito que as intervenções têm de ser feitas. É preciso garantir crédito e animar o consumidor, pois se ele achar que tudo está perdido, tende a poupar e se retrair”, afirmou.

Entretanto, segundo ele, a ajuda não deve partir apenas do governo. “Não só a ajuda dos governos federal e de São Paulo, que já liberaram R$ 8 bilhões, será importante. Os empresários devem manter os investimentos e fazer promoções, enquanto os novos prefeitos da região devem continuar investindo em obras de infra-estrutura. O País tem tudo para sair bem dessa crise, mas apenas se cada um fizer o seu papel”, concluiu.

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘DIÁRIO DO GRANDE ABC’ (Brasil)

Posted in AUTOMOTIVE INDUSTRY, BRASIL, CIDADANIA, CIDADES, COMBATE À DESIGUALDADE E À EXCLUSÃO - BRASIL, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, NATIONAL WORK FORCES, O MERCADO DE TRABALHO - BRASIL, O MUNDO DO TRABALHO - BRASIL, O PODER EXECUTIVO MUNICIPAL, OS PREFEITOS, POLÍTICA REGIONAL, RECESSION, SETOR EXPORTADOR, SINDICATOS DAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS, SP, THE WORK MARKET, THE WORKERS | Leave a Comment »

CRISE CHEGA AO MERCADO DE MOTOS – Setor tinha previsões de vendas recordes para 2008, mas ano termina com expectativa de demissões

Posted by Gilmour Poincaree on November 19, 2008

Terça-Feira – 18/11/2008

por Ricardo Ritzel

A crise financeira mundial já começou a mudar os planos da indústria de motocicletas brasileira, diminuindo drasticamente o clima de euforia que havia no mercado desde janeiro. Tanto a Honda quanto a Yamaha, as principais fábricas de motocicletas do País, interromperam por 10 dias a produção de motos no último mês de outubro. E, conseqüentemente, alterando toda a expectativa de vendas das concessionárias e revendedoras deste tipo de veículo e seus consumidores.

A crise chegou e com ela mudam também as previsões de vendas recordes de motocicletas para este ano. Segundo os empresários do setor, as causas são a diminuição do prazo de pagamento, a porcentagem do valor financiado e, é claro, o valor dos juros cobrados pelas financeiras, que até o último agosto, proporcionavam crédito para mais de 90% das vendas de motocicletas em todo País.

Em Santa Maria, as principais lojas já estão se adaptando aos novos tempos e projetam um futuro próximo sombrio para o setor, inclusive com demissões. “Não existe mercado de motocicletas desde setembro no Brasil. Existe sim, algumas vendas e uma demanda reprimida, já que muita gente necessita deste tipo de veículo para trabalhar”, enfatizou Lucrécio Trevisan Freitas, diretor da Mega Motos, revendedora Kasinsky da região.

Freitas comentou também que sua loja vendia cerca de 30 motos por mês até o mês de agosto e, depois da crise, comercializou apenas nove em setembro, seis em outubro e tem uma previsão otimista de nove motos para novembro. “As vendas caíram cerca de 70%. Principalmente pelos juros que subiram de 1,9% ao mês para 3,4% e aumentam em muito o custo final do produto, como também, pelo corte no financiamento de motos usadas”, disse.

Segundo o empresário, com a crise ele foi obrigado a dar férias coletivas para metade de seus funcionários no mês de novembro, e, em dezembro, contemplar com a medida a outra metade dos colaboradores. “Se não mudar esta situação de mercado até o final do ano, certamente haverá demissões”, falou.

Já o supervisor de vendas da MaxiMotos, revendedora Suzuki de Santa Maria e região, Wilson César, as vendas caíram cerca de 40% nos últimos meses, principalmente pelos altos juros praticados depois da crise financeira mundial. César também enfatizou uma alternativa para quem necessita adquirir um desses veículos. “Para quem está comprando, é importante conhecer não apenas o produto e suas características, mas também o valor total do financiamento e os números exatos dos juros praticados por cada financeira para poder compará-las. Às vezes, estes pequenos números distintos fazem a diferença no final e proporcionam uma aquisição mais em conta para o consumidor”, comentou.

As demissões de funcionários também fazem parte das previsões de Claiton Minussi, diretor da Azzura, revendedora Yamaha da região. “Demissões são minhas últimas cartadas. Acredito em uma recuperação do mercado em algumas semanas”, enfatizou. Para Claiton, houve uma euforia no mercado com a grande liberação de crédito para o setor, mas aquelas empresas que perceberam esta situação atípica do mercado, precaveram-se e hoje estão em situação mais segura. “O consumidor tem que passar uma borracha nessas ofertas incríveis que o mercado oferecia até agosto e se adaptar a outros tempos, não piores que janeiro de 2008 e nem melhores. Iguais.”, comentou.

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘A RAZÃO’ (Brasil)

Posted in BRASIL, COMÉRCIO - BRASIL, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, THE WORK MARKET | Leave a Comment »

BRAZIL AUTO INDUSTRY GETS 4 BLN REAIS CREDIT LINE

Posted by Gilmour Poincaree on November 11, 2008

Tue Nov 11, 2008 11:12am EST

SAO PAULO, Nov 11 (Reuters) – The São Paulo state government said on Tuesday it would extend a 4 billion reais ($1.8 billion) credit line to the automotive industry to help it ride out the current financial crisis, which is putting the brakes on Brazil’s economy.

The state’s finance secretariat said in a statement that the money would be lent by state-controlled bank Banco Nossa Caixa, which will offer loans with maturities of up to 18 months to vehicle financing units.

Sales of new cars and trucks in Brazil slumped 11 percent in October, hurt by a severe retraction in the availability of credit due to the global financial crisis.

The slowdown follows three years of torrid growth in Brazil’s auto market, which has benefited from a credit boom that helped fuel a surge in consumption. But the availability of credit has evaporated in the last two months, threatening to derail one of the fastest-growing industries in Brazil.

The federal government has also instructed state-run Banco do Brasil to make a available a total of 4 billion reais so that vehicle financing units can increase lending and spur sales.

Brazil has become a crucial market for global automakers such as Italy’s Fiat, Germany’s Volkswagen AG and U.S.-based General Motors Corp and Ford Motor Co . Asian and French manufacturers are also relying increasingly on the Brazilian market to compensate for a slowdown in sales at home.

The recent slump in sales has prompted several automakers to cut back on production by reducing shifts and ordering factory workers to take periods of paid leave so as to avoid building up costly inventories. (Reporting by Alberto Alerigi Jr., Writing by Todd Benson; Editing by Maureen Bavdek)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘REUTERS’

Posted in BRASIL, ECONOMIA - BRASIL, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIAS, O PODER EXECUTIVO ESTADUAL, O PODER EXECUTIVO FEDERAL, O SISTEMA BANCÁRIO - BRASIL, ORÇAMENTO NACIONAL - BRASIL, OS GOVERNADORES, POLÍTICA REGIONAL, SP | Leave a Comment »