FROM SCRATCH NEWSWIRE

SCAVENGING THE INTERNET

Archive for the ‘PETRÓLEO’ Category

AFTER EXTENSIVE AND SOMETIMES USELESS DISCUSSIONS, THE ENTIRE ‘FROM SCRATCH NEWSWIRE GROUP’, IN FACE OF A POSSIBLE GENERAL STRIKE WITHIN THE GROUP, DECIDED TO TAKE A COLLECTIVE VACATION … SEE YOU FOLKS IN MARCH … AND BY THE WAY, OUR COLLECTIVE VACATION HAS NOTHING TO DO WITH THIS PRESENT GLOBAL FINANCIAL CRISIS …

Posted by Gilmour Poincaree on February 1, 2009

Sunday, February 01, 2009

THE FROM SCRATCH NEWSWIRE GROUP

PUBLISHED BY ‘FROM SCRATCH NEWSWIRE’

THE FROM SCRATCH NEWSWIRE GROUP IS ON VACATION 'TIL MARCH

PUBLISHED BY ‘FROM SCRATCH NEWSWIRE’

Advertisements

Posted in - UNCATEGORIZED, A BOLSA DE VALORES, A CASA CIVIL, A CORRUPÇÃO NO APARELHO DO ESTADO, A CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS, A ENERGIA ALTERNATIVA, A INDÚSTRIA DA COMUNICAÇÃO, A INDÚSTRIA DE ALIMENTOS, A INDÚSTRIA DE CALÇADOS, A INDÚSTRIA DIGITAL, A INDÚSTRIA DO TURISMO, A POLÍCIA CIVIL, A POLÍCIA MILITAR, A PRESIDÊNCIA, A QUESTÃO AGRÁRIA, A QUESTÃO ÉTNICA, A QUESTÃO ENERGÉTICA, A QUESTÃO FEMININA, A QUESTÃO PREVIDENCIÁRIA, AÉREO, ABIN, AC, AERONÁUTICA, AEROPORTOS, AGRICULTURA, AGRICULTURA FAMILIAR, AGRICULTURA SUSTENTÁVEL, AGRICULTURAL PLAGUES, AGRICULTURE, AGRONEGÓCIOS, AGROTÓXICOS, AL, ALIMENTOS PROCESSADOS, AM, AP, ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS E CONTRIBUIÇÕES, AS FORÇAS ARMADAS, AS GANGUES 'MILICIANAS', AS INDÚSTRIAS DE MINERAÇÃO, AS RELAÇÕES DE TRABALHO E EMPREGO, ATIVIDADES CRIMINOSAS - BRASIL, AUTOMAÇÃO DO COMÉRCIO, AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL, ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR (IPC), ÍNDICE DE PREÇOS AO CONSUMIDOR - AMPLO (IPCA), ÍNDICE GERAL DE PREÇOS - DISP. INTERNA (IGP-DI), ÍNDICE GERAL DE PREÇOS - MERCADO (IGP-M), ÍNDICES DA RENDA SALARIAL, ÍNDICES DE EMPREGO, ÍNDICES ECONÔMICOS - BRASIL, BA, BALANÇA COMERCIAL, BALANÇA DE PAGAMENTOS, BANCO CENTRAL - BRASIL, BANKING SYSTEMS, BIOCOMBUSTÍVEIS, BIOMASSA, BIOMASSA, BNDES, BRASIL, CARLOS DIREITO, CÂMARA DOS DEPUTADOS, CE, CENTRAL BANKS, CIDADANIA, CIDADES, CINEMA, COMÉRCIO - BRASIL, COMBATE AO TRABALHO ESCRAVO E INFANTIL, COMBATE À CORRUPÇÃO - BRASIL, COMBATE À DESIGUALDADE E À EXCLUSÃO - BRASIL, COMBATE À VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES, COMBATE À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, CONSELHO MONETÁRIO NACIONAL (CMN), CORRUPÇÃO - BRASIL, CORRUPÇÃO NA POLÍTICA, CRIMES AMBIENTAIS - BRASIL, CRIMES EMPRESARIAIS, CURRENCIES, DANIEL DANTAS, DEFESA DO CONSUMIDOR - BRASIL, DEFESA DO MEIO AMBIENTE - BRASIL, DEPUTADOS ESTADUAIS, DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, DF, DIREITOS HUMANOS - BRASIL, EÓLICA, ECOLOGICAL AGRICULTURE, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ECONOMY - USA, EDUCAÇÃO - BRASIL, ENSINO FUNDAMENTAL - 1° e 2° GRAUS, ENSINO UNIVERSITÁRIO - GRADUAÇÃO, ES, ETANOL, EXÉRCITO, EXPANSÃO AGRÍCOLA, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FARMING DEBTS, FARMING SUBSIDIES, FERROVIAS, FERROVIAS, FERTILIZERS, FINANCIAL MARKETS, FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO, FLORESTAS PLANTADAS, FLUXO DE CAPITAIS, FORÇA DE SEGURANÇA NACIONAL, FUSÕES E/OU INCORPORAÇÕES EMPRESARIAIS, GÁS NATURAL, GENETICALLY MODIFIED AGRO-PRODUCTS, GILMAR MENDES, GO, HIDRELÉTRICAS, INDÚSTRIA AUTOMOTIVA, INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL, INDÚSTRIA DE ELETRO-ELETRÔNICOS, INDÚSTRIA FARMACÊUTICA, INDÚSTRIA METALÚRGICA, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INFRAESTRUTURA - BRASIL, INSTITUIÇÕES DE FOMENTO NACIONAL, INSTITUTOS REGULADORES DA ECONOMIA - BRASIL, INTERNATIONAL, ISLAMIC BANKS, JUROS BANCÁRIOS, LAVAGEM DE DINHEIRO, LUIS INÁCIO LULA DA SILVA, MA, MACROECONOMY, MARÍTIMO, MARINHA, MG, MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA, MINISTÉRIO DA CULTURA, MINISTÉRIO DA DEFESA, MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, MINISTÉRIO DA FAZENDA, MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL, MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL, MINISTÉRIO DA SAÚDE, MINISTÉRIO DAS CIDADES, MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES, MINISTÉRIO DAS MINAS E ENERGIA, MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES, MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR, MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO, MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME, MINISTÉRIO DO ESPORTE, MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO, MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO, MINISTÉRIO DO TURISMO, MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES, MS, MT, NARCOTRÁFICO, O BIODIESEL, O CASO JOSÉ DIRCEU, O CRIME ORGANIZADO, O DISCURSO CONTRA AS POLÍTICAS AFIRMATIVAS, O MERCADO DE TRABALHO - BRASIL, O MERCADO FINANCEIRO, O MERCADO IMPORTADOR, O MOVIMENTO DOS POVOS NATIVOS, O MOVIMENTO DOS SEM-TERRA (MST), O MOVIMENTO NEGRO, O MOVIMENTO RURALISTA, O MUNDO DO TRABALHO - BRASIL, O MUNICÍPIO DE NITERÓI, O MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO, O MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO, O PODER EXECUTIVO, O PODER EXECUTIVO ESTADUAL, O PODER EXECUTIVO FEDERAL, O PODER EXECUTIVO MUNICIPAL, O PODER JUDICIÁRIO, O PODER LEGISLATIVO, O PODER LEGISLATIVO ESTADUAL, O PODER LEGISLATIVO FEDERAL, O PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL, O SETOR DOS TRANSPORTES, O SISTEMA BANCÁRIO - BRASIL, O SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, ORÇAMENTO ESTADUAL, ORÇAMENTO MUNICIPAL, ORÇAMENTO NACIONAL - BRASIL, OS GOVERNADORES, OS JUDICIÁRIOS ESTADUAIS, OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO - BRASIL, OS PREFEITOS, OS TRABALHADORES, OS TRIBUNAIS REGIONAIS ELEITORAIS, PA, PARTIDO COMUNISTA DO BRASIL (PC do B), PARTIDO DA CAUSA OPERÁRIA (PCO), PARTIDO DA MOBILIZAÇÃO NACIONAL (PMN), PARTIDO DA REPÚBLICA (PR), PARTIDO DA SOCIAL DEMOCRACIA BRASILEIRA (PSDB), PARTIDO DEMOCRÁTICO TRABALHISTA (PDT), PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO (PMDB), PARTIDO DOS DEMOCRATAS (PD), PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT), PARTIDO POPULAR SOCIALISTA (PPS), PARTIDO PROGRESSISTA (PP), PARTIDO RENOVADOR TRABALHISTA BRASILEIRO (PRTB), PARTIDO SOCIAL CRISTÃO (PSC), PARTIDO SOCIAL DEMOCRATA CRISTÃO (PSDC), PARTIDO SOCIAL LIBERAL (PSL), PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE (PSOL), PARTIDO SOCIALISTA BRASILEIRO (PSB), PARTIDO SOCIALISTA DOS TRABALHADORES UNIFICADO (PSTU), PARTIDO TRABALHISTA BRASILEIRO (PTB), PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO (PTC), PARTIDO TRABALHISTA DO BRASIL (PT do B), PARTIDO TRABALHISTA NACIONAL (PTN), PARTIDO VERDE (PV), PARTIDOS POLÍTICOS - BRASIL, PB, PE, PECUÁRIA, PECULATO, PESQUISAS E PÓS-GRADUAÇÃO, PETRÓLEO, PI, POLÍCIA FEDERAL, POLÍTICA - BRASIL, POLÍTICA EXTERNA - BRASIL, POLÍTICA REGIONAL, PORTOS, PR, PREVARICAÇÃO, PRODUTO INTERNO BRUTO, PRODUTO INTERNO BRUTO ESTADUAL, PRODUTO INTERNO BRUTO NACIONAL, PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO (PAC), PUBLIC SECTOR AND STATE OWNED ENTERPRISES, REAJUSTES SALARIAIS, RECEITA FEDERAL - BRASIL, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, RELAÇÕES COMERCIAIS INTERNACIONAIS - BRASIL, RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS - BRASIL, RELAÇÕES INTERNACIONAIS - BRASIL, RESTRUCTURING OF PRIVATE COMPANIES, RESTRUCTURING OF THE PUBLIC SECTOR, RJ, RN, RO, RODOVIAS, RODOVIÁRIO, RR, RS, SAÚDE E ATENDIMENTO MÉDICO, SANEAMENTO BÁSICO, SC, SE, SEMENTES TRANSGÊNICAS, SENADO, SETOR EXPORTADOR, SINDICATOS DAS CATEGORIAS PROFISSIONAIS, SISTEMA PÚBLICO DE SAÚDE, SISTEMA PRIVADO DE SAÚDE, SP, SUPERÁVIT COMERCIAL, SUPERÁVIT PRIMÁRIO, TARSO GENRO, TAXA DE CÂMBIO - BRASIL, TAXA DOS JUROS COMERCIAIS, TAXA SELIC, TAXAS DE DESEMPREGO, TELEFONIA - FIXA E MÓVEL, THE FLOW OF INVESTMENTS, THE WORK MARKET, TO, USA, VEREADORES | 1 Comment »

PETROBRAS TERÁ US$ 10 BILHÕES DO BNDES EM 2010 (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on January 27, 2009

26/01/2009 11:41

FolhaNews

PUBLISHED BY ‘CORREIO BRAZILIENSE’

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘CORREIO BRAZILIENSE’

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BANKING SYSTEMS, BNDES, BRASIL, COMMERCE, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ENERGY INDUSTRIES, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FINANCIAL SERVICES INDUSTRIES, FLUXO DE CAPITAIS, GÁS NATURAL, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, PETRÓLEO, PUBLIC SECTOR AND STATE OWNED ENTERPRISES, RECESSION, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

PETROBRAS VAI REVISAR CONTRATOS COM FORNECEDORES PARA REDUZIR CUSTOS (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on January 27, 2009

26/01/2009 21:08

Agência Brasil

PUBLISHED BY ‘CORREIO BRAZILIENSE’

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘CORREIO BRAZILIENSE’

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY, ENERGY INDUSTRIES, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, GÁS NATURAL, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, PETRÓLEO, RECESSION, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, RESTRUCTURING OF PRIVATE COMPANIES | Leave a Comment »

EXXON FINDS OIL NEAR MASSIVE BRAZILIAN OFFSHORE FIELDS; SIZE UNKNOWN

Posted by Gilmour Poincaree on January 22, 2009

January 21, 2009 – 7:08 PM

Associated Press

PUBLISHED BY ‘THE STAR TRIBUNE’ (USA)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘THE STAR TRIBUNE’ (USA)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMY, ECONOMY - USA, ENERGY INDUSTRIES, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS - USA - 2008/2009, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FLUXO DE CAPITAIS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INDUSTRIES - USA, INTERNATIONAL, PETRÓLEO, PETROL, RECESSION, RELAÇÕES COMERCIAIS INTERNACIONAIS - BRASIL, THE FLOW OF INVESTMENTS, USA | 1 Comment »

REPSOL YPF MAKES DISCOVERY OFF BRAZIL

Posted by Gilmour Poincaree on January 16, 2009

Friday, January 16, 2009, 8:51am EST

by Eric Watkins – Oil Diplomacy Editor

PUBLISHED BY ‘OIL&GAS JOURNAL’ (USA)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘OIL&GAS JOURNAL’ (USA)

Posted in BRASIL, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY INDUSTRIES, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FLUXO DE CAPITAIS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, MINISTÉRIO DAS MINAS E ENERGIA, O PODER EXECUTIVO FEDERAL, PETRÓLEO, PETROL, RECESSION, REFINERIES - PETROL/BIOFUELS, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

PETROBRAS EXPORTA VOLUME RECORDE DE ÓLEO EM DEZEMBRO (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on January 14, 2009

Terça, 13 de Janeiro de 2009 – 16h04

por Alana Gandra – Repórter da Agência Brasil

PUBLISHED BY ‘PORTAL CORREIO DA PARAÍBA’ (Brazil)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘PORTAL CORREIO DA PARAÍBA’ (Brazil)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, ÍNDICES ECONÔMICOS - BRASIL, BALANÇA COMERCIAL, BRASIL, COMÉRCIO - BRASIL, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY INDUSTRIES, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, PETRÓLEO, PETROL, POLÍTICA EXTERNA - BRASIL, PRODUTO INTERNO BRUTO NACIONAL, RECESSION, REFINERIES - PETROL/BIOFUELS, RELAÇÕES COMERCIAIS INTERNACIONAIS - BRASIL, RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS - BRASIL, RELAÇÕES INTERNACIONAIS - BRASIL, SETOR EXPORTADOR, STOCK MARKETS, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

EMPRESA INGLESA BG INVESTIRÁ US$ 4 BILHÕES NO PRÉ-SAL – LOBÃO CONFIRMA INVESTIMENTO DA BG DE US$ 4 BILHÕES NO PRÉ-SAL (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on January 14, 2009

13/01/2009 19:00

FolhaNews

PUBLISHED BY ‘CORREIO BRAZILIENSE’

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘CORREIO BRAZILIENSE’

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BANKING SYSTEMS, BRASIL, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY, ENERGY INDUSTRIES, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FINANCIAL SERVICES INDUSTRIES, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, MINISTÉRIO DAS MINAS E ENERGIA, O MERCADO FINANCEIRO, O PODER EXECUTIVO FEDERAL, O SISTEMA BANCÁRIO - BRASIL, PETRÓLEO, PETROL, POLÍTICA EXTERNA - BRASIL, RECESSION, REFINERIES - PETROL/BIOFUELS, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, RELAÇÕES COMERCIAIS INTERNACIONAIS - BRASIL, RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS - BRASIL, RELAÇÕES INTERNACIONAIS - BRASIL, RESTRUCTURING OF THE PUBLIC SECTOR, SHIPYARD INDUSTRIES, STOCK MARKETS, THE FLOW OF INVESTMENTS, UNITED KINGDOM | Leave a Comment »

AKER KVAERNER TO SUPPLY SUBSEA TREES FOR PETROBRAS (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on December 31, 2008

12/30/2008 3:28:44 PM GMT

Energy Current

PUBLISHED BY ‘ENERGY CURRENT’

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘ENERGY CURRENT’

Posted in BRASIL, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY INDUSTRIES, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, PETRÓLEO, PETROL, RECESSION, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

QUIP S/A ESTÁ À FRENTE DA LICITAÇÃO DA P-63 (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on December 26, 2008

Rio Grande, 25 de Dezembro de 2008, Quinta-Feira

por Carmem Ziebell

PUBLISHED BY ‘JORNAL AGORA’ (Brazil)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘JORNAL AGORA’ (Brazil)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY INDUSTRIES, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, MINISTÉRIO DAS MINAS E ENERGIA, NATIONAL WORK FORCES, O PODER EXECUTIVO ESTADUAL, O PODER EXECUTIVO FEDERAL, OS GOVERNADORES, PETRÓLEO, PETROL, POLÍTICA REGIONAL, PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO (PAC), RECESSION, RJ, RS, SHIPYARD INDUSTRIES, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

NEGOCIAÇÕES ENTRE PETROBRAS E ESTATAL VENEZUELANA PARA REFINARIA AVANÇAM (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on December 23, 2008

22/12/2008 – 21:42

Agência Brasil

PUBLISHED BY ‘CORREIO BRAZILIENSE’ (Brasil)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘CORREIO BRAZILIENSE’ (Brasil)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY INDUSTRIES, EXPANSÃO ECONÔMICA, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, FOREIGN POLICIES, GASOLINE, INTERNATIONAL, INTERNATIONAL RELATIONS, O PODER EXECUTIVO FEDERAL, PETRÓLEO, PETROL, POLÍTICA EXTERNA - BRASIL, PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO (PAC), RECESSION, REFINERIES - PETROL/BIOFUELS, RELAÇÕES COMERCIAIS INTERNACIONAIS - BRASIL, RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS - BRASIL, RELAÇÕES INTERNACIONAIS - BRASIL, THE FLOW OF INVESTMENTS, VENEZUELA | Leave a Comment »

PETROBRAS CONFIRMA PLANO DE US$ 31 BI PARA REFINARIAS (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on December 21, 2008

19/12/2008

por Chico Santos, do Rio

PUBLISHED BY ‘VALOR ECONÔMICO’ (Brazil)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘VALOR ECONÔMICO’ (Brazil)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY INDUSTRIES, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, NATURAL GAS, PETRÓLEO, PETROL, RECESSION, REFINERIES - PETROL/BIOFUELS, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

PETROBRAS ADIA ANÚNCIO DO PLANO DE INVESTIMENTO – Motivo são as incertezas diante da crise e a volatilidade dos mercados (Brazil)

Posted by Gilmour Poincaree on December 21, 2008

19/12/2008 – 18h43min

CLIC RBS

PUBLISHED BY ‘ZERO HORA’ (Brazil)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘ZERO HORA’ (Brazil)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY INDUSTRIES, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, GÁS NATURAL, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, NATURAL GAS, PETRÓLEO, PETROL, RECESSION, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

PETROBRAS WINS HALF THE CONCESSIONS IN BRAZIL OIL AUCTION

Posted by Gilmour Poincaree on December 20, 2008

Friday, December 19, 2008

EFE

PUBLISHED BY ‘RIGZONE’

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘RIGZONE’

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMY, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, INTERNATIONAL, PETRÓLEO, PETROL | Leave a Comment »

BRAZIL PANEL PROPOSING STATE CO FOR SUBSALT OIL RESERVES

Posted by Gilmour Poincaree on December 17, 2008

Tuesday, December 16, 2008

by Jeff Fick – Dow Jones Newswires

PUBLISHED BY ‘THE RIGZONE’

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘THE RIGZONE’

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, COMBATE À DESIGUALDADE E À EXCLUSÃO - BRASIL, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY INDUSTRIES, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, GÁS NATURAL, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, NATURAL GAS, PETRÓLEO, PETROL, RECESSION, REGULATIONS AND BUSINESS TRANSPARENCY, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

BRAZIL GOV’T IN TALKS ON SUBSALT OIL INVESTMENTS

Posted by Gilmour Poincaree on December 11, 2008

Monday, December 08, 2008

by Jeff Fick – Dow Jones Newswires

PUBLISHED BY ‘THE RIGZONE’

RIO DE JANEIRO – Brazil’s government is in talks with a variety of potential investors – besides China – to finance investments in the Mines and Energy Minister Edison Lobaocountry’s promising subsalt oil deposits, the country’s mines and energy minister said Monday.

Mines and Energy Minister Edison Lobao told the local Estado news agency that “it’s not only China. There are a range of opportunities that Petrobras has.”

Lobao confirmed press reports Monday that the Chinese government had offered Brazilian state-run energy giant Petroleo Brasileiro $10 billion to fund subsalt oil development – and that was just to start.

According to Lobao, other possible funding could come from the United Arab Emirates, Japanese groups and Canadian banks. In addition, financing could be arranged with oil-exploration equipment suppliers that have their own sources of financing, Lobao said.

“Petrobras is a solid company. It has a prestigious history abroad. There is no safer investment than in Petrobras,” Lobao said.

“Petrobras will not have any problems. The financing sources will be generous, whether they are domestic or foreign,” the minister added.

The Brazilian government would also consider using its $200 billion in foreign reserves to help finance Petrobras’ investments, Lobao BRAZIL'S SUBSALT BASINSsaid.

“It’s a possibility. It’s a decision that will be made by the government. If Petrobras one day needs it, we could help with these reserves. They’re just sitting there,” Lobao said.

Such financing could help Petrobras overcome a tight credit market and falling international oil prices, which experts and analysts have speculated could slow down development of the subsalt reserves. Full development of the region has been estimated to cost as much as $600 billion.

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘THE RIGZONE’

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, CANADA, CHINA, CIDADES, COMBATE À DESIGUALDADE E À EXCLUSÃO - BRASIL, COMMERCE, COMMODITIES MARKET, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY INDUSTRIES, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FINANCIAL CRISIS 2008/2009, FINANCIAL MARKETS, FLUXO DE CAPITAIS, FOREIGN POLICIES, GÁS NATURAL, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL RELATIONS, MINISTÉRIO DAS MINAS E ENERGIA, NATURAL GAS, O PODER EXECUTIVO FEDERAL, PETRÓLEO, PETROL, POLÍTICA EXTERNA - BRASIL, PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO (PAC), RECESSION, RELAÇÕES COMERCIAIS INTERNACIONAIS - BRASIL, RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS - BRASIL, RELAÇÕES INTERNACIONAIS - BRASIL, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

MAIS 2 BILHÕES DE BARRIS DE PETRÓLEO NO ES – Descoberta eleva reservas para 14 bi no País

Posted by Gilmour Poincaree on November 23, 2008

22/11/2008

A Petrobras anunciou ontem novas descobertas de petróleo em reservatórios do pré-sal do A BACIA DO PRÉ-SAL - De Santos até o Espirito SantoEspírito Santo, localizados abaixo dos campos de óleo pesado de Baleia Franca, Baleia Azul e Jubarte, com reservas estimadas entre 1,5 bilhão e 2 bilhões de barris de petróleo. O óleo leve encontrado na área denominada Parque das Baleias é de ótima qualidade. A estatal concluiu a perfuração de dois novos poços no litoral capixaba e comunicou à Agência Nacional de Petróleo (ANP), segundo fato relevante.

“Com as novas descobertas, o volume total de óleo estimado na área do Parque das Baleias, incluídos os reservatórios localizados acima e abaixo da camada de sal, já chega a aproximadamente 3,5 bilhões de barris de óleo”, informou a estatal.

“Os excelentes resultados dessas duas perfurações, as ótimas respostas do teste de longa duração (…) e as facilidades logísticas já instaladas e em instalação na área levam a Petrobras a intensificar os estudos para acelerar a produção do pré-sal do Espírito Santo”, disse a companhia.

Os reservatórios estão entre 4.200 e 4.800 metros de profundidade. Até agora, já foram perfurados seis poços na seção pré-sal do Espírito Santo, todos eles com sucesso, destacou a companhia.

A Petrobras fez descobertas que somam 12 bilhões de barris no País. Com os poços no Espírito Santo, as reservas do pré-sal já garantidas chegam a 14 bilhões.

VITÓRIA

NO FUNDO DO MAR

A faixa de petróleo considerado de alta qualidade, chamada de pré-sal, fica abaixo de uma camada de sal, a sete quilômetros de profundidade.

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘A NOTÍCIA’ (SC – Brasil)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, CIDADES, ECONOMIA - BRASIL, ES, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FLUXO DE CAPITAIS, GÁS NATURAL, INTERNATIONAL, PETRÓLEO, RJ, SP | Leave a Comment »

RN RECEBE TRÊS NOVAS SONDAS PARA PERFURAR POÇOS (Brasil)

Posted by Gilmour Poincaree on November 13, 2008

13/11/2008 – Tribuna do Norte

A Petrobras está recebendo o reforço de três novas sondas de perfuração que chegaram da China e A PETROBRAS NO RIO GRANDE DO NORTE - BRASILirão permitir a ampliação do número de poços perfurados em todo o Estado. Os equipamentos, trazidos pela empresa ETX, estão contratados pela Petrobras para ficar durante oito anos perfurando em território potiguar. Ao todo, a operação das três sondas deverá gerar cerca de 132 empregos diretos no campo de operação, e cerca de outros 40 na base operacional. Além disso, estima-se a geração de outros 200 empregos indiretos em função delas, em atividades como transporte, alimentação e hospedagem de funcionários, uniformes e caminhões-guindaste. Cada sonda é capaz de perfurar até 2.000 metros.

O peso total do equipamento que desembarca no Porto de Natal é de 1.350 toneladas.

Esta movimentação indica o reaquecimento da atividade perfuratória no Estado, que apresenta curva de crescimento significativa: em 2005-2006, a media anual de poços perfurados variou entre 150 e 180 poços. Este ano, a estimativa da Petrobras é de 300 poços, com mais 15 a 20 furados pelos produtores independentes. Para 2009, a previsão da empresa é de cerca de 500 poços a serem perfurados no Estado. Além das três sondas, outras oito devem chegar ao RN no início de 2009.

A operação das três sondas deverá gerar o recolhimento de cerca de R$ 9 milhões em ISS ao longo de todo o contrato oito anos, beneficiando diretamente cada município em que as sondas operarem. A ETX é uma empresa de prestação de serviços de perfuração e completação de poços fundada em 2005 por executivos do setor de petróleo, em parceria com grupo investidor de Hong Kong. O grupo também participa de investimentos diretos em exploração e produção como produtores independentes em associação com investidores da Austrália.

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘TRIBUNA DO NORTE’ (Brasil)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, AUSTRALIA, BRASIL, CHINA, CIDADES, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, EXPANSÃO ECONÔMICA, FLUXO DE CAPITAIS, HONG KONG, INDÚSTRIAS, INTERNATIONAL, O MERCADO IMPORTADOR, PETRÓLEO, POLÍTICA REGIONAL, REFINERIES - PETROL/BIOFUELS, RELAÇÕES INTERNACIONAIS - BRASIL, RN | Leave a Comment »

PETROBRAS TEM LUCRO LÍQUIDO TRIMESTRAL RECORDE, DE R$ 10,8 BILHÕES – Valor representa uma alta de 96% em relação ao mesmo período de 2007

Posted by Gilmour Poincaree on November 12, 2008

Porto Alegre – 12/11/2008

A Petrobras apresentou lucro líquido de R$ 10,852 bilhões no terceiro trimestre de 2008, o que representa uma alta de 96% em relação ao mesmo período de 2007. O valor é recorde. De janeiro a setembro, a Petrobras registrou um lucro líquido de R$ 26,56 bilhões, um avanço de 61% sobre os nove primeiros meses do ano passado. Nesta base de comparação, o resultado também é o maior da história.

A alta do preço médio de realização de derivados, refletindo especialmente o aumento no preço dos combustíveis no mercado interno, o crescimento da produção e o ganho cambial decorrente da desvalorização do real sobre os ativos líquidos expostos à variação cambial, no valor de R$ 3,478 bilhões, foram apontados pela companhia como determinantes para o maior resultado trimestral da história da estatal.

Receita líquida

A receita líquida da Petrobras atingiu R$ 67,46 bilhões no terceiro trimestre, alta de 52% em comparação ao mesmo período de 2007. No ano, a receita apresenta um aumento de 35%, para R$ 168,921 bilhões.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortizações, na sigla em inglês) da Petrobras somou R$ 15,68 bilhões, alta de 20% ante o terceiro trimestre de 2007. No acumulado do ano, o Ebitda aumentou 24%, atingindo R$ 47,686 bilhões.

AE

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘ZERO HORA’ (Brasil)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, ECONOMIA - BRASIL, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, INDÚSTRIAS, PETRÓLEO | Leave a Comment »

PETROBRAS DEVE TER LUCRO TRIMESTRAL DE AO MENOS R$ 9 BILHÕES – Ações da empresa, no entanto, continuarão a oscilar de acordo com os preços internacionais do petróleo. (Brasil)

Posted by Gilmour Poincaree on November 11, 2008

10.11.2008 – 09h13

por Marcelo Gutierres

Portal EXAME A Petrobras deverá divulgar nesta terça-feira um lucro líquido de 9,2 bilhões a 10,1 bilhões de reais no terceiro trimestre, segundo estimativas de três corretoras. A Ágora, a corretora mais otimista, espera um lucro de 10,1 bilhões de reais, com um crescimento de 82,9% sobre o mesmo período do ano passado. Já na comparação com o trimestre anterior, os analistas dizem que a elevação será de 16%. “O resultado financeiro [da Petrobras] será positivamente impactado no trimestre pela valorização de 20,25% do dólar contra o real, impulsionando o lucro líquido da empresa”, dizem analistas da corretora. Eles prevêem uma margem Ebitda (lucro antes de impostos e amortizações) de 29,6%, ou 0,4 ponto percentual maior que o do terceiro trimestre de 2007 e 3,6 pontos percentuais menor do que o segundo trimestre de 2008.

O Banco Fator apresenta estimativas mais modestas. O lucro líquido estimado é de 9,2 bilhões de reais, uma elevação de 68,1% ante o terceiro trimestre de 2007. O Fator diz que haverá uma queda da margem Ebitda quando comparados os dois últimos trimestres: de 33,2% para 31,3% (- 1,9 ponto percentual). Para o banco, embora o petróleo venha caindo desde julho, a Petrobras manterá números próximos dos registrados em igual período do ano passado, quando a matéria-prima estava mais valorizada. Os aumentos da gasolina em maio e de outros derivados terão um impacto positivo no resultado desta terça-feira. O Fator recomenda a compra de ações da empresa.

Já o Santander calcula um lucro líquido da Petrobras no terceiro trimestre deste ano de 10 bilhões de reais, 82% maior do que a marca de 2007. A corretora do banco espanhol estima queda de 5,8 pontos percentuais no Ebitda de entre o segundo (33,2%) e o terceiro trimestre (27,4%) deste ano.

Queda do petróleo

A provável divulgação de um lucro expressivo não deve ser suficiente para as ações da Petrobras se recuperarem do tombo dos últimos meses porque o mercado está mais de olho na queda dos preços internacionais do petróleo. Segundo a Itaú Corretora, se o barril permanecer no atual patamar de 60 dólares durante 2009, o lucro da estatal no próximo ano vai cair para 12,7 bilhões de reais. Caso a cotação média do barril seja de 50 dólares, o lucro líquido despencaria para apenas 1,97 bilhão de reais. A corretora, entretanto, vê como mais provável um petróleo cotado a 70 dólares, o que levaria a um lucro de R$ 22,5 bilhões no próximo ano – ainda assim uma queda de 27% sobre o resultado projetado para 2008 (29,9 bilhões de reais).

O principal problema da Petrobras é que suas despesas cresceram 89% nos últimos três anos. Em tempos de petróleo caro, o mercado acabou ignorando esse fato. Com as cotações em patamares mais modestos, no entanto, as margens de lucro serão corroídas. A Itaú Corretora considera que um ponto-chave para evitar uma forte queda do lucro em 2009 é a manutenção dos preços da gasolina e do diesel, produtos que respondem por 40% das receitas da empresa. O atual preço da gasolina contém um ágio de mais de 40% em relação aos valores praticados internacionalmente. Já o diesel está cerca de 30% mais caro.

Para a Itaú Corretora, é provável que o governo adie a redução dos preços pelo menos até o próximo ano. No entanto, é possível que a inflação dê sinais de aceleração nos próximos meses devido à escalada do dólar. Nesse cenário, o Banco Central passaria a ser pressionado para retomar a alta dos juros em um momento de desaceleração da atividade econômica externa e interna. Para evitar o aperto monetário, uma medida possível seria a redução do preço dos combustíveis – o que prejudicaria a Petrobras.

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘PORTAL EXAME’ (Brasil)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, ECONOMIA - BRASIL, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FLUXO DE CAPITAIS, PETRÓLEO | 1 Comment »

MESMO COM CRISE, GALP MANTÉM INVESTIMENTOS (Brasil – Portugal)

Posted by Gilmour Poincaree on November 2, 2008

01/11 – 00:20

Lisboa, 1 de novembro de 2008 – A Galp Energia, petrolífera portuguesa e parceria da Petrobras em alguns dos poços exploratórios mais importantes da camada pré-sal brasileira — Tupi, Iara e Júpiter —, não pretende alterar seus planos de investimentos para o Brasil por conta da atual crise financeira mundial, que fez o preço internacional do barril do petróleo cair em torno de 50% em menos de três meses. ‘Nossos projetos em águas ultraprofundas, que incluem regiões petrolíferas no Brasil, Angola e México, são viáveis e vamos manter os mesmos investimentos que foram programados antes da crise’, disse Manuel Ferreira de Oliveira, presidente da Galp, que participou na sexta-feira do Lisbon Energy Forum 2008, um evento internacional dedicado às questões energéticas.

Segundo Oliveira, uma empresa de petróleo e gás não pode tomar decisões baseadas em acontecimentos de curto prazo, seja com o barril a US$ 60, seja com o preço do petróleo na casa dos US$ 200. ‘Nesse negócio, é preciso ter uma visão de longo prazo, pois sabe-se que, desde a exploração até o desenvolvimento pleno da produção, demora-se cerca de 30 anos’, enfatiza o executivo, que garante não estar sozinho em sua decisão. ‘Até agora não ouvir falar de nenhuma companhia petrolífera que reduziu investimentos por causa da queda do preço do petróleo’, afirmou. (Denis Cardoso)

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘GAZETA MERCANTIL’ (Brasil)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, COMMERCE, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ENERGY, EUROPE, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INTERNATIONAL, PETRÓLEO, PETROL, PORTUGAL, RELAÇÕES INTERNACIONAIS - BRASIL, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »

HIDRELÉTRICAS TÊM DESTAQUE NO EIXO DE INFRA-ESTRUTURA (Brasil)

Posted by Gilmour Poincaree on November 1, 2008

30 de Outubro de 2008

O bom andamento das obras de hidrelétricas e os leilões da usina de Jirau e de mais de três mil quilômetros de linhas de transmissão figuram entre os destaques do eixo de Infra-estrutura Energética no 5º balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Em setembro, havia 561 ações monitoradas, das quais 19% foram concluídas, 69% estão em ritmo adequado, 10% pedem atenção e 2% são consideradas preocupantes. Entre os destaques da área de geração de energia elétrica estão o leilão para construção da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira, em Rondônia, cujo deságio foi de 21,57% e o preço final da energia ficou em R$ 71,37 por MWh. No mesmo mês, teve início a obra de Santo Antônio, a primeira hidrelétrica do complexo do Rio Madeira licitada pelo governo federal. Outras usinas cujas obras estão em bom andamento são as hidrelétricas de Estreito (TO-MA), Foz do Chapecó (SC-RS), Dardanelos (MT), São Salvador (TO-GO), Simplício (MG-RJ) e Corumbá III (GO).

Na área de transmissão, destaque para o leilão realizado em agosto de 3.030 km de linhas com investimento total de R$ 4,8 bilhões e deságio de 20,2%. Entre as linhas leiloadas está a interligação Tucuruí-Macapá-Manaus. Outro destaque foi a entrada em operação da interligação Norte-Sul III – trecho Marabá-Colinas-Serra da Mesa-Samambaia, com extensão de 1.674 km. Também foram iniciadas as obras em mais dez linhas de transmissão, totalizando 2.274 km.

Na exploração de petróleo e gás natural foram confirmadas novas descobertas de reservas e iniciada a produção na camada pré-sal no campo de Jubarte (ES). O Programa de Expansão e Modernização da Marinha Mercante já tem 33 embarcações concluídas e o Pólo Naval do Rio Grande do Sul está com 60% das obras realizadas. Foram concluídos o Gasoduto Campinas-Rio (455 km) e o trecho Catu-Itaporanga do gasoduto Catu-Carmópolis (196 km). A oferta de gás natural nacional aumentou de 21,82 milhões de metros cúbicos por dia (média de 2007) para 30,53 metros cúbicos por dia, em agosto de 2008.

Luz para Todos – O Comitê Gestor do PAC monitora 214 ações do eixo de Infra-estrutura Social e Urbana. Em quantidade, 68% estão com ritmo de execução adequado, 30% em atenção e 1% em situação preocupante e 1% está concluído. No Programa Luz Para Todos (LPT), que tem como meta a universalização do acesso à energia elétrica, foram realizadas, até setembro, 305 mil ligações das 564 mil previstas para este ano.

No transporte urbano, foram concluídas as obras das dez estações da Linha Sul e já estão em operação oito trens elétricos recuperados e climatizados no metrô do Recife. No setor de Habitação foram selecionados investimentos no valor total de R$ 13,5 bilhões, dos quais R$ 12,4 bilhões estão contratados. Na área de Saneamento, os projetos selecionados somam R$ 28,1 bilhões, sendo que R$ 22,6 bilhões foram contratados.

No projeto de integração e revitalização do rio São Francisco foi concluída a obra do eixo de integração Orós-Feiticeiro, no Ceará, além de 286 bacias de contenção, em Pernambuco.

Construção civil terá R$ 3 bilhões de linha de crédito

O governo decidiu adotar medida para facilitar o acesso ao crédito de capital de giro para empresas que atuam na construção habitacional. A medida está organizada em duas partes: a primeira permite a aplicação de recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) em capital de giro, o que era vedado. Esta permissão se aplica a todas as instituições financeiras que operam com recursos do SBPE e estará limitada a até 5% do saldo da poupança.
  
Os recursos serão aplicados nas condições atuais do Sistema. A segunda parte da medida consiste em tornar disponível, por meio da Caixa, uma linha de capital de giro com um mecanismo de garantias adicionais, com o objetivo de reduzir a percepção de risco. O governo, como controlador, permitirá que a Caixa mantenha em um fundo de reserva parte dos dividendos que seriam distribuídos para a União.
  
Com esses recursos, forma-se um lastro que garantirá até 35% do valor das operações realizadas pela Caixa. O volume total será de até R$ 3 bilhões. O valor total dos dividendos que pode ser retido é, portanto, de R$ 1,05 bilhão. É importante salientar que essa reserva só será utilizada em última instância, pois serão exigidas as garantias habituais dos proponentes. Ela serve apenas como garantia adicional, para reduzir a percepção de risco das operações. Uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) definirá as condições para os financiamentos.

Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República
Nº 720 – Brasília

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘EM QUESTÃO’ (Brasil)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, CIDADES, ECONOMIA - BRASIL, EXPANSÃO AGRÍCOLA, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FLUXO DE CAPITAIS, GÁS NATURAL, HIDRELÉTRICAS, MINISTÉRIO DAS MINAS E ENERGIA, O PODER EXECUTIVO FEDERAL, ORÇAMENTO NACIONAL - BRASIL, PETRÓLEO, POLÍTICA - BRASIL | Leave a Comment »

ECUADOR FIRMA CONTRATO CON PETROBRAS Y ROMPE CON REPSOL YPF

Posted by Gilmour Poincaree on October 31, 2008

La Habana, viernes 31 de octubre de 2008. Año 12 / Número 303

Actualizado 5:45 p.m. hora local

QUITO, 31 de octubre (PL).— El gobierno ecuatoriano firmó hoy un acuerdo con la petrolera brasileña PETROBRAS que garantiza mayores ingresos al país y terminó su relación con la compañía española Repsol YPF.

El presidente ejecutivo de la estatal PETROECUADOR, Luis Jaramillo, destacó la rubrica del convenio con PETROBRAS, el cual despeja el camino para modificar los actuales convenios de participación por otros de prestación de servicios.

Jaramillo y el gerente general de PETROBRAS en Ecuador, Dirceu Abrahao, firmaron el acuerdo, que establece un incremento de la renta petrolera para Ecuador del 67 al 81 por ciento por la explotación de crudo en el Bloque 18 y el Convenio de Explotación Unificada del campo Palo Azul.

PETROBRAS produce unos 32 mil barriles diarios de petróleo en este territorio andino.

El nuevo contrato tendrá una vigencia de un año mientras se negocia otro para cambiar a la modalidad de prestación de servicios, en el que el Estado será el dueño del crudo y sólo pagará por su extracción.

El ministro ecuatoriano de Minas y Petróleo, Derlis Palacio, saludó este convenio y señaló que evidencia la buena voluntad y seriedad del gobierno del presidente Rafael Correa para dialogar con las compañías.

Palacio anunció, asimismo, que el gobierno resolvió concluir la relación laboral con Repsol YPF y ordenó a PETROECUADOR iniciar la terminación anticipada de los contratos con esa empresa española.

Repsol tendrá que salir del país “apenas se cumplan los procesos legales que se establecen”, recalcó al reiterar que “la decisión está tomada”.

El titular indicó que “lastimosamente con Repsol no hemos podido llegar a un acuerdo” para la modificación de los acuerdos de explotación petrolera y enfatizó en que “ellos han cambiado constantemente de criterio y no nos han permitido llegar a una negociación”.

Finalmente, reiteró la decisión del Ejecutivo de cambiar los actuales acuerdos por otros de prestación de servicios y no le temblará la mano para adoptar medidas similares con otras petroleras si fracasan las pláticas.

Repsol opera los bloques 14 y 16 y en 2007 reportó una producción de 6,6 millones de barriles.

Al momento Ecuador modificó sus acuerdos con las empresas Andes Petroleum y PETROBRAS, mientras ha terminado por mutuo acuerdo el contrato con City Oriente y avanza en negociaciones con otras compañías petroleras.

CLICK HERE FOR THE ORIGINAL ARTICLE

PUBLISHED BY ‘GRANMA’ (Cuba)

Posted in A QUESTÃO ENERGÉTICA, BRASIL, ECONOMIA - BRASIL, ECONOMIC CONJUNCTURE, ECONOMY, ECUADOR, ENERGY, EUROPE, EXPANSÃO ECONÔMICA, EXPANSÃO INDUSTRIAL, FLUXO DE CAPITAIS, INDÚSTRIAS, INDUSTRIAL PRODUCTION, INDUSTRIES, INTERNATIONAL, INTERNATIONAL RELATIONS, PETRÓLEO, PETROL, RELAÇÕES INTERNACIONAIS - BRASIL, SOUTH AMERICA, SPAIN, THE FLOW OF INVESTMENTS | Leave a Comment »